Trégua. 2.4.14

Eu proponho uma trégua. 
Uma trégua daquelas discussões bobas e inúteis. Das pequenas reclamações do dia a dia. Uma trégua da vida virtual. Dos pensamentos negativos. Das pessoas que não nos fazem bem. Da vontade em querer mudar as pessoas. E da impaciência. Proponho uma trégua nas rivalidades, quaisquer que sejam elas. Na inveja, por menor que ela seja. E na solidão, porque tudo o que é compartilhado se torna imensamente melhor. Só não proponho trégua mesmo é do amor, esse, que venha em abundância. Da vida, que possamos  vivê-la, libertando-nos, aos poucos, das pequenas coisas que não nos deixam felizes.  

E.G

3 comentários:

  1. Para que a vida fique mais leve! Aceito a trégua!!! Mas não de amor, do amor jamais!!! Amei o post!

    Beijinhos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, acabo de visitar seu blog e segui-lo. Lhe desejo foco, sucesso e força. Que conquiste muitas realizações através do mesmo. E também convido você e seus/suas leitores/leitoras a conhecer o meu blog: toobege.blogspot.com.br . Beijinhos e espero você lá também *0*

    ResponderExcluir